A Construção de Barad-dûr

Meu amigo Douglas Donin encontrou uma pérola na rec.arts.books.tolkien, escrita por “O. Sharp” em 1996:

Eu estava lendo o Conto dos Anos esta noite, tentando decidir se era possível (como Mark Sulkowski sugeriu na discussão “Fantasy Metals”) que o metal do Um Anel tivesse vindo de Númenor quando encontrei um quebra-cabeças inesperado.

No Conto dos Anos da Segunda Era (SdA:1147) é dito o seguinte:

“c. 1000 Sauron … escolhe Mordor como o local para transformar numa fortaleza. Começa a construção de Barad-dûr.

“c. 1600 Sauron forja o Um Anel em Orodruin. Finaliza a construção de Barad-dûr. Celebrimbor percebe as intenções de Sauron.”

O que torna isto curioso é a clara afirmação dada por Elrond sobre a construção da Torre Escura, enquanto ele descrevia a limpeza após a Batalha da Última Aliança (SdA:253, ênfase minha): “A Torre Escura foi quebrada, mas os alicerces não foram removidos, pois haviam sido feitos com o poder do Anel…” Agora, já que o Anel não foi forjado até SE 1600, isto significa que Sauron passou aproximadamente seiscentos anos construindo Barad-dûr…

antes que ele tivesse construído os alicerces.

Ainda mais, uma vez que os alicerces foram finalmente postos, a Barad-dûr foi completada quase imediatamente!

… Como explicamos isto? Como podemos explicar como Sauron — nada menos que um Maia de Aulë — pudesse passar seiscentos anos construindo uma Torre, e ainda construiu os alicerces por último?

Sem dúvida há muitas explicações possíveis; eu espero escutar o que outros têm a sugerir. De minha parte eu venho pensando sobre isso a noite inteira, e creio que tenho uma resposta possível — uma claramente em caráter para Sauron, o mestre da crueldade e mentira:

Casas modulares pré-fabricadas.

Sauron desenvolveu a arte escura e atroz de construir casas móveis. 🙂

… Vale observar que, uma vez que Sauron teve os alicerces colocados, ele poderia também reconstruir Barad-dûr com uma velocidade incrível. A Torre foi “ao chão” (S:375) ao fim da Segunda Era; ainda assim, de acordo com o Conto dos Anos, Sauron começou a reconstrução de Barad-dûr em TE 2951 — e estava evidentemente terminada à época da Guerra do Anel (TE 3018), apenas 67 anos depois! Mais evidência em favor de Barad-dûr ser uma pré-fabricada, não acham? 🙂

Talvez a evidência mais convincente, contudo, seja de ninguém mais do que o Boca de Sauron (SdA:942) quando ele diz que ter de viver em Barad-dûr constitui em uma tortura inimaginável. Também vale a pena notar que, na mesma página, ele nota que ele próprio tem planos de se mudar para Isengard na primeira oportunidade disponível. 🙂

A assinatura é uma diversão à parte:

“Casas Pré-Fabricadas de Mordor! Permanentes, mas re-localizáveis! … Orçamento gratuito! … Ligue 1-800-577-3199 e fale com Annatar!”

(Nota: quase todas essas frases foram tiradas de propagandas reais de nas Páginas Amarelas.)

4 comentários sobre “A Construção de Barad-dûr

  1. Ele só esqueceu de levar em conta que a parte do “os alicerces foram feitos com o poder do Anel” sai da boca do próprio Elrond, e está muito mais para uma opinião da parte do elfo do porquê os alicerces não foram removidos do que “a verdade absoluta”, que de qualquer forma não tinha como ser do conhecimento dele, pelo simples fato de ele não ser o próprio Sauron.

    O mais provável é que os alicerces possam ter sido reforçados com o poder do Anel, mas que de qualquer forma foram construídos muito antes da criação deste.

  2. Ele só esqueceu de levar em conta que a parte do “os alicerces foram feitos com o poder do Anel” sai da boca do próprio Elrond, e está muito mais para uma opinião da parte do elfo do porquê os alicerces não foram removidos do que “a verdade absoluta”, que de qualquer forma não tinha como ser do conhecimento dele, pelo simples fato de ele não ser o próprio Sauron.

    O mais provável é que os alicerces possam ter sido reforçados com o poder do Anel, mas que de qualquer forma foram construídos muito antes da criação deste.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.