Lista de Palavras em Sindarin na Ardalambion

Em comemoração aos 10 anos da Ardalambion, o estudioso Helge Fauskanger está planejando lançar algumas novidades em seu site. Uma delas já foi noticiada antes e agora está já disponível: uma lista de palavras em Sindarin, chamada Parvpith Edhellen.

Por enquanto há apenas uma lista Inglês-Sindarin disponível, já que a prioridade da Ardalambion é, há algum tempo, dar apoio aos escritores neo-élficos. Embora seja um trabalho impressionante por si só, não ultrapassa o Hiswelóke de Didier Willis, pois a lista do Helge não possui a fonte da palavra, nem um indicador se ela é “Noldorin” ou “Sindarin”.

Essa omissão pode parecer pequena, mas quando algumas pessoas (como eu) dependem dessa informação para criar formações que podem se tornar no futuro tatuagens e gravações anéis de casamento, é necessário escolher e seguir um padrão para que as traduções fiquem consistentes (ou seja, escolher entre priorizar o Sindarin, o Noldorin, ou os dois, mas fazê-lo conscientemente!). Por isso recomendo utilizar o Dicionário Sindarin Hiswelóke do Didier Willis, que permite uma flexibilidade maior ao tradutor. Já falei que ele imprime melhor também? 🙂

6 comentários sobre “Lista de Palavras em Sindarin na Ardalambion

  1. Infelizmente, fora o que está na Ardalambion, não acho que exista muito mais a se falar do Khuzdûl. Resolvi me fixar mais nas línguas que podem ser consideradas “introdutórias” às outras criadas por Tolkien. Digamos que se alguém consegue aprender o Quenya e o Sindarin, pode com certeza caminhar com as próprias pernas para qualquer outra língua.

  2. Infelizmente, fora o que está na Ardalambion, não acho que exista muito mais a se falar do Khuzdûl. Resolvi me fixar mais nas línguas que podem ser consideradas “introdutórias” às outras criadas por Tolkien. Digamos que se alguém consegue aprender o Quenya e o Sindarin, pode com certeza caminhar com as próprias pernas para qualquer outra língua.

Deixe uma resposta para Filipe Cancelar resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.