Arquivo da tag: Ardalambion

Curso de Quenya lançado (2ª edição)

Foi só eu falar e saiu: o Curso de Quenya, 2ª edição, está disponível para ser comprada no site da editora Arte & Letra através deste link. O preço é R$ 42,00, o que é mais barato do que eu esperava.

Para vocês que me perguntam como aprender élfico: é esse livro que vocês tem de comprar! Se não quiserem investir no livro, a outra opção é a versão em inglês disponível no site da Ardalambion.

De acordo com o que o Gabriel “Tilion” Brum escreveu nos comentários abaixo, a versão da Ardalambion em inglês é ainda a antiga.

Atualização da lista Quenya-Inglês da Ardalambion

Como esperado, neste Natal a Ardalambion atualizou novamente a sua lista de palavras Quenya-Inglês — o Quettaparma Quenyallo (clique aqui para baixar).

Para quem, como eu, não havia percebido ainda, a Ardalambion está com um novo endereço: http://folk.uib.no/hnohf/

A Evenstar do site Ambar Eldaron enviou uma notificação para a Elfling dizendo que a sua versão em PDF está disponível aqui: http://www.ambar-eldaron.com/quen-eng.pdf

11 anos da Ardalambion

Gostaria de parabenizar o Helge Fauskanger pelos 11 anos de existência do site Ardalambion.

Fundado em 15 de maio de 1997, o conteúdo da Ardalambion (principalmente o Curso de Quenya) é essencial para que os novos estudantes possam ser introduzidos ao estudo da lingüística tolkieniana. Foi lá que eu aprendi, em 2002, como falar o Quenya. Apesar de minhas discordâncias com o conteúdo do site, eu não posso deixar de reconhecer a importância dele em minha vida.

Parabéns!

Presentes de Natal da Ardalambion

Ho-ho-ho! (Com H de high, claro!)

O norueguês Helge Fauskanger, da Ardalambion, trouxe dois presentes de Natal para os seus visitantes neste ano:

  1. A revisão da tradução do Apocalipse de São João, com novas palavras trazidas do VT49 e PE17. As revisões gramaticais mais notáveis foi a ordem substantivo–numeral, o plural dual nos verbos, pronomes duais, o plural partitivo, a substituição de neologismos por palavras atestadas, como o verbo sav- “acreditar”, entre outras modificações. Eu sugiro uma leitura do e-mail do Helge na lista Elfling para mais detalhes.
  2. Uma lista de palavras quenya-inglês (não inglês-quenya ainda) atualizada com todas as novas palavras que apareceram no VT49! Para encontrar as referências novas, procure por “VT49” com o Word. Alguns outros comentários inseridos pelo Helge são encontrados procurando por “%” (o sinal de percentual), que estão na maior parte invisíveis (o autor usou a fonte tamanho 1).

Seis coisas para fazer enquanto o Fórum Valinor está em manutenção

O Fórum Valinor estará fora do ar por ao menos um dia, fazendo backup do banco de dados e tudo mais. O que fazer?!

Opções possíveis:

  • Visitar os outros sites da Valinor: Lothlórien, Ardalambion e Durbatulûk. A Lothlórien tem a vantagem de ser voltada à produção de fãs, o que não foge muito do que fazemos com o neo-élfico. Bom lugar para tirar inspiração.
  • Entrar no Conselho Branco e falar com outros fãs do seu estado/região. [Ressalva: Sou Dir. Técnico do CB.] O diferencial do Conselho Branco, para mim, foi sempre a possibilidade de poder se encontrar ao vivo com outros fãs, coisa que raramente (ou nunca) acontece em outras sociedades. São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo têm as Tocas mais movimentadas.
  • Visitar o Fórum Andúnië. É uma comunidade muito democrática que se concentra em discutir seriamente as obras de Tolkien. Gosto muito do jeito que eles são organizados e se preocupam em discutir de forma clara o assunto, com respeito mútuo.
  • Se você for de Portugal (ou mesmo se não for), pode dar uma olhada na comunidade Tolkienianos. São pessoas extremamente esforçadas, e toda a dedicação deles ao traduzir o Livro dos Reis para Quenya agora está dando frutos. Vi algumas fotos das iluminuras… É de cair o queixo.
  • Você pode ler o Tolkien e o Élfico por inteiro também; acho que recém estou chegando perto dos 100 posts. Gosto bastante de responder a dúvidas e discutir qualquer assunto, então se quiser pode entrar em Contato ou enviar um comentário ao post relevante. Não precisa ser necessariamente sobre as línguas tolkienianas, até porque compreender a vida de Tolkien e a vida dos elfos é importante para compreender as línguas.
  • Por último, pode seguir o que o pessoal da Valinor fala e ler algum livro de Tolkien! Sempre descobrimos algo novo quando lemos Tolkien mais uma vez, ou sempre ficamos com alguma dúvida. Anote-as e, quando o fórum voltar, você terá o que postar. 😉

Oops! Como eu pude esquecer da Dúvendor? O Mithrandir tem tanta informação boa no site dele que foi como não ver um olifante à minha frente! Visitem!

Atualização nas listas de palavras em Quenya do Helge – 30 de junho

Devido à aproximação da Omentielva Tatya e um pedido de permissão para impressão, Helge Fauskanger da Ardalambion liberou nesta segunda-feira uma atualização preliminar das listas de palavras em Quenya disponíveis em seu site.

Continue lendo Atualização nas listas de palavras em Quenya do Helge – 30 de junho