Parma Eldalamberon 14 e 18 disponíveis

Parma Eldalamberon 14

O Parma Eldalamberon, a publicação de línguas tolkienianas mais antiga ainda em circulação, lançou a sua edição 18 em novembro do ano passado e eu, ocupado com o trabalho, não fiz nenhuma menção dele aqui. Contudo, você ainda pode comprar a edição por 35 dólares (inclui postagem e frete para o Brasil) no site.

O Parma Eldalamberon 18 traz o Tengwesta Qenderinwa, uma gramática do quendiano primitivo feita na década de 1930, contemporânea às Etimologias. Tolkien fez revisões dessa gramática até a década de 1950, atualizando com o conteúdo que surgia enquanto ele compunha O Senhor dos Anéis. Também no PE18 está a segunda parte de um documento sobre os alfabetos fëanorianos, cuja primeira parte foi publicada no PE17, junto com “Palavras, Passagens e Frases d’O Senhor dos Anéis“. A edição 17 também custa 35 dólares e está disponível.

Já o Parma Eldalamberon 14, que estava há muito tempo fora de circulação, está sendo reimpresso com todas as correções requisitadas pelos leitores e deve estar disponível, segundo o site da publicação, no dia 8 de fevereiro, ou seja, na próxima segunda-feira. O preço dessa edição é 30 dólares, postagem e frete inclusos. Essa edição possui fragmentos e a gramática do Qenya das décadas de 1910-20, assim como informações sobre a escrita valmárica.

Um comentário sobre “Parma Eldalamberon 14 e 18 disponíveis

  1. Meu nome é Larissa Hainzenreder, estudante de gradução na faculdade de Letras na UFRGS, Porto Alegre, Brasil. Estou trabalhando em um projeto de pesquisa no qual sua colaboração me seria de extrema ajuda. O projeto consiste no uso de línguas fictícias pela sociedade. Estou trabalhando sobre a seguinte questão: “Quais as evidências da língua fictícia na sociedade atual?” Meu projeto basea-se na análise do Sindarin. Por este motivo, estou entrando em contato contigo.

    Os nomes dos participantes serão citados de forma direta no projeto que será apresentado em uma sala com cerca de 30 presentes, sendo entregue para avaliação de meu coordenador.

    Você teria interesse em participar? Em caso positivo, contate-me por email para que eu possa te enviar o questinário (são apenas três questões) 🙂

    Por favor, peço sua colaboração para agregar valor ao meu projeto.

    Estarei aguardando ansiosamente por sua posição.

    Muitíssimo obrigada pela oportunidade,
    Larissa

    email: larissa.hainzenreder@gmail.com

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.