Arquivo da tag: Vinyar Tengwar 50

Vinyar Tengwar 50

Recebi há aproximadamente 2 meses o Vinyar Tengwar 50 (VT50). Essa edição trata de um documento que o editor Carl Hostetter chamou de "invólucro de Túrin": um pedaço de papel onde Tolkien enrolava os manuscritos de Os Filhos de Húrin.

Os textos em línguas tolkienianas são todos em Sindarin, aproximadamente do início da década de 1950, e tratam da tradução para essa língua de frases que deveriam significar aproximadamente "o Grande Conto também chamado de os Filhos de Húrin, feito pelos homens, mas agora os elfos ainda o [?lembram/preservam/recitam]" nas áreas II e III; na área IV, há uma fala de Rían para Tuor, que provavelmente significa "E disse Rían a Tuor: o que fizemos? Agora todas as [?terras/mãos/corações] dos anões e dos elfos estarão [?opostas/silenciosas] para nós".

Dessas frases, há algumas informações interessantes que eu gostaria de abordar.

Continue lendo Vinyar Tengwar 50

Vinyar Tengwar 50 meio que anunciado

Na lista Lambengolmor, mensagem 1105, Carl Hostetter nos deu uma breve notificação sobre o Vinyar Tengwar 50:

Eu gostaria de aproveitar esta ocasião para atualizar todos sobre o Vinyar Tengwar. Primeiro, devo pedir perdão pelo longo atraso na produção da edição 50. Eu esperava ter terminado (muito) mais cedo neste ano, mas o calendário do meu trabalho (que paga as contas) tem sido intenso por muitos meses agora que meus dois projetos de desenvolvimento de software correm atrás de prazos muito próximos. Contudo, eu devo terminá-lo logo, e eu vou ao menos ter metade de dezembro de férias, então deverei ser capaz de terminar a edição até o fim do ano, e publicá-la um pouco depois disso.

A edição 49 do Vinyar Tengwar foi publicada em junho de 2007, cobrindo a terceira e última parte do ensaio sobre mãos, dedos e numerais eldarin, além de uma análise de cinco frases volitivas (as que utilizam nai no início da frase, expressando desejo algo aconteça).

Ademais, Hostetter avisou que por um erro na Lulu.com, o compêndio 5b do jornal não está disponível, mas que devido à proximidade da próxima edição talvez seja melhor esperar até que ele esteja realmente completo.