PE17: Pretéritos do Quenya

Em E:34343, Thorsten Renk mostra que não foi apenas o nosso sistema verbal do Sindarin que sofreu um baque: algumas novidades sobre os pretéritos do Quenya também apareceram no PE17. Uma nova classe, formada pela duplicação da vogal raiz e pela adição do prefixo -nye surgiu.

Thorsten também nota que Tolkien escreveu uma explicação sobre o porque da omissão do sufixo -ta nos pretéritos de alguns verbos derivados. Acontece que havia dois sufixos: -ta, que perde o sufixo; e -tâ, que em geral o retém — mas algumas formas são influenciadas pela analogia. “Portanto pretéritos fortes de verbos derivados devem ser bem comuns”, diz Thorsten.

Ainda assim o artigo dele sobre o pretérito do Quenya mostra muito mais verbos derivados que não perdem o sufixo do que o contrário. Este artigo, aliás, está atualizado com as últimas informações e é de uso recomendado para compositores, como referência.

Abaixo segue uma lista de todos os verbos do Quenya com seus pretéritos que apareceram no PE17:

Verbos primários com alongamento da vogal:
mol- “trabalhar” pret. môle (PE17:155)
#sam- “ter” pret. sáme (PE17:173 como samin)
yor- “encerrar, confinar” pret. yóre, †yonde (PE17:43)

Verbos derivados com alongamento da vogal:
anta- “dar” pret. †áne, antane (PE17:93,147)

Verbos primários com infixação nasal:
kes- “procurar” pret. kense (PE17:156)
yor- “encerrar, confinar” pret. †yonde, yóre (PE17:43, de YOD)

Verbos derivados com infixação nasal:
hrisya- “nevar” pret. hrinte, hrinsinye (PE17:168)
húta- “amaldiçoar” pret. hunte, huntane (PE17:149)
karpa- “falar, conversar” pret. karampe (PE17:126)
nahta- “confinar, oprimir” pret. nakante (PE17:77, 166)

Verbos primários com o sufixo -ne:
car- “fazer” pret. carne (PE17:144)
nor- “correr” pret. norne (PE17:58, 168)
okom- “(intr.) reunir(-se), agrupar(-se)” pret. okomne (PE17:157) [Nota: Como no inglês assemble.]

Verbos derivados com o sufixo -ne:
finta- “fazer, finalizar” pret. fintane (PE17:17) [Nota: ing. “to make, finish off”.]
henta- “examinar” pret. hentane (PE17:77)
kesya- “causar um a inquerir” pret. kesyane (PE17:156)
nicu “congelar” pret. nicune (PE17:168)
anta- “dar” pret. antane, †áne (VT49:14 como antanen, PE17:93, 147)

Verbos derivados com a perda do sufixo derivacional:
lelya- “aparecer” pret. lêline (PE17:151)
menta- “enviar” pret. menne (PE17:93)
ua- “não ser/estar” pret. úne (PE17:144)

Duplicação da vogal raiz e sufixo -nye:
sirya- “*fluir” pret. sirinye (PE17:77)
hrisya- “nevar” pret. hrisinye, hrinte (PE17:168)
melya- “?amar” pret. melenye (PE17:77)
orya- “subir, elevar-se, erguer-se” pret. oronye (PE17:77)

Deixe uma resposta