Possível correção ao VT49: raiz TEN

Na mensagem 1039 da Lambengolmor, Christopher Gilson responde a algumas perguntas feitas por Fredrik Ström sobre alguns pontos dúbios no Parma Eldalamberon 17.

A primeira é a questão da raiz vTEN, que é citada, mas não aparece no texto. Contudo, ela figura no VT49, p. 24. E citando essa entrada, Gilson sugere uma possível leitura diferente para a que está publicada. Aparentemente tenya não é marcada na publicação como sendo Quenya, embora esteja explícito no manuscrito; e a palavra dúbia no texto — specific “específico” — deveria talvez ser lida como speaker’s “daquele que fala”:

vTEN- = fim no sentido de destino final desejado. (met meramente = finalidade) tenna, ao ponto, até. † Q tenya, chegar (não no local daquele que fala[?]), pret. tenne.

Deixe uma resposta