Quetin i Lambe Eldaiva 2.0 disponibilizado

A nova versão do Curso de Quenya do Thorsten Renk está disponível no site dele, Parma Tyelpelassiva.

Esse curso é diferente do Curso de Quenya do Helge Fauskanger em alguns pontos:

  1. Verbalmente é mais compacto. Não há explicações longas sobre as funções gramaticais, apenas o que você precisa para escrever. Se você está procurando isso mesmo, algo sucinto, o curso é para você. Caso encontre dificuldades, talvez tenha mais sorte com o curso do Fauskanger.
  2. Ensina Tengwar. Você aprende ao mesmo tempo como escrever com o alfabeto latino e com a escrita élfica.
  3. As funções gramaticais foram escolhidas a dedo. Não que eu esteja dizendo que o Fauskanger não escolheu as suas depois de uma deliberação longa, mas o Thorsten tem um sistema próprio. Se isso é bom ou ruim é outra história. Para mim apenas é importante dizer que meus resumos e meu material de apoio se aplica ao curso do Fauskanger, por ser mais acessível ao estudante brasileiro, e conflitos podem ocorrer (como no caso da 1ª pessoa do plural).

4 comentários sobre “Quetin i Lambe Eldaiva 2.0 disponibilizado

  1. Olá,
    Visito o blogue frequentemente e acho-o muito interessante.
    Poder-me-ia aconselhar um site onde possa encontrar uma gramática de Quenya — não um textbook para aprender, mas uma gramática de referência, compacta, escrita para alguém que sabe bases linguísticas como casos e fonologia? Eu encontro várias na internet, claro, mas com toda a flutuação que tem havido e todas as novas descobertas, eu já não sei o que é canónico ou, pelo menos, aceitável, mesmo como neo-eldarin. E existirá algo parecido também para Sidarin?
    E quanto a dicionários, qual o mais recomendável — em que por recomendável quero dizer um bastante complexo e actualizado?
    Agradeço antecipadamente

  2. Olá,
    Visito o blogue frequentemente e acho-o muito interessante.
    Poder-me-ia aconselhar um site onde possa encontrar uma gramática de Quenya — não um textbook para aprender, mas uma gramática de referência, compacta, escrita para alguém que sabe bases linguísticas como casos e fonologia? Eu encontro várias na internet, claro, mas com toda a flutuação que tem havido e todas as novas descobertas, eu já não sei o que é canónico ou, pelo menos, aceitável, mesmo como neo-eldarin. E existirá algo parecido também para Sidarin?
    E quanto a dicionários, qual o mais recomendável — em que por recomendável quero dizer um bastante complexo e actualizado?
    Agradeço antecipadamente

  3. Olá Ghenris.

    O próprio Tolkien não tinha uma gramática de Quenya, como foi lembrado pelo estudioso Bill Welden em uma mensagem que reproduzi nos primeiros meses deste site. Por conta disto, não posso dizer-lhe exatamente qual é a “mais correta”, porque isto é uma ilusão.

    Quanto ao neo-élfico mais aceito, existem dois: o neo-Quenya do Helge Fauskanger, encontrado no website Ardalambion e o neo-Sindarin do Thorsten Renk, disponível no site Parma Tyelpelassiva. A melhor lista de palavras (algo que não está nem perto de ser um dicionário!) de neo-Quenya “normalizado” é a do Helge Fauskanger, encontrado também na Ardalambion, enquanto a melhor lista de palavras de neo-Sindarin é a Hiswelóke, que já mencionei algumas vezes aqui no site.

    Fico feliz em conhecer um leitor fiel. Caso precise de mais alguma informação, pode entrar em contato!

  4. Olá Ghenris.

    O próprio Tolkien não tinha uma gramática de Quenya, como foi lembrado pelo estudioso Bill Welden em uma mensagem que reproduzi nos primeiros meses deste site. Por conta disto, não posso dizer-lhe exatamente qual é a “mais correta”, porque isto é uma ilusão.

    Quanto ao neo-élfico mais aceito, existem dois: o neo-Quenya do Helge Fauskanger, encontrado no website Ardalambion e o neo-Sindarin do Thorsten Renk, disponível no site Parma Tyelpelassiva. A melhor lista de palavras (algo que não está nem perto de ser um dicionário!) de neo-Quenya “normalizado” é a do Helge Fauskanger, encontrado também na Ardalambion, enquanto a melhor lista de palavras de neo-Sindarin é a Hiswelóke, que já mencionei algumas vezes aqui no site.

    Fico feliz em conhecer um leitor fiel. Caso precise de mais alguma informação, pode entrar em contato!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.