Sobre o nome italiano “Sellaro”

Nota: O que está escrito abaixo é um exemplo de por que eu não traduzo sobrenomes para as línguas élficas. Descobrir o significado é algo complicado e não há muitas certezas. Se você quer saber mais sobre os italianos no Brasil, talvez o Portal Itália seja um bom lugar para começar.

Recebi uma pergunta nos comentários dos nomes em élfico do Giovanni Sellaro, que me questiona sobre a tradução de seu sobrenome. Minha resposta ficou meio longa, então achei melhor transformá-la em um post inteiro. Não mudei o tom de “resposta”, porque, bem, é uma resposta! 🙂

Monte SellaroGiovanni, não costumo responder a perguntas de sobrenomes, pois é muito difícil obter informações sobre eles. De fato encontrei uma fonte que corrobora com a sua informação de que o nome do Monte Sellaro (à direita) tem a ver com o ato de selar os cavalos para atravessá-lo, o que dá mais força à sua teoria.Mas quer saber a parte irônica disso? Os elfos não selavam os seus cavalos! 😀 Não tenho dúvidas de que os elfos cunharam uma palavra para “sela” (eles precisariam para se comunicar com os humanos), mas o próprio Tolkien nunca inventou uma. O verbo “cavalgar” também é uma grande incógnita para nós.Procurando por fontes, encontrei que a palavra vem da raiz proto indo-européia *sed- “sentar”, formando no caminho até o ing. saddle (“sela”) a palavra proto-germânica *sathulaz, que não parece ser extremamente elaborada (não sou filólogo, então não garanto nada). Nas línguas élficas, aparentemente Tolkien se resolveu por utilizar KHAD como a raiz proto-Eldarin para “sentar”, formando o verbo *har- no Juramento de Cirion.

Mas duvido que isso nos ajude. Ao que me parece, o substantivo saddle criou o verbo to saddle, o que não é possível nas línguas élficas, até onde eu lembre. O mais comum são substantivos verbais, ou seja, substantivos criados a partir de verbos, e não o contrário. Um exemplo em Quenya seria um possível subst. *harat “assento” a partir do v. *har-, mas acho impossível criar um v. ?harata- para um hipotético “assentar” (o exemplo é esdrúxulo, eu sei, mas serve).

Pode lhe reconfortar que nós sabemos como escrever “cavaleiro” em Quenya: roquen. Também é possível criar um verbo *colta- “vestir (alguém ou algo)”, que se utilizado em uma frase como coltanen i rocco “eu vesti o cavalo”, pode-se compreender, por extensão, “selei o cavalo”. Talvez *Roccoltar “selador de cavalos” seja uma construção com algum futuro também.

12 comentários sobre “Sobre o nome italiano “Sellaro”

  1. Guimarães, não consegui encontrar uma fonte que corroborasse com a teoria de que seu sobrenome signifique “criador de cavalos”. A não ser que você possa me dar o nome de uma fonte que corrobore com essa teoria e, de preferência, cite ela por completo aqui (para que eu possa saber se ela é confiável ou não), não posso concordar em traduzir o seu sobrenome.

    Contudo, o seu primeiro nome pode ser verificado em Nomes em Élfico, pois para esses eu tenho maneiras de verificar.

  2. Guimarães, não consegui encontrar uma fonte que corroborasse com a teoria de que seu sobrenome signifique “criador de cavalos”. A não ser que você possa me dar o nome de uma fonte que corrobore com essa teoria e, de preferência, cite ela por completo aqui (para que eu possa saber se ela é confiável ou não), não posso concordar em traduzir o seu sobrenome.

    Contudo, o seu primeiro nome pode ser verificado em Nomes em Élfico, pois para esses eu tenho maneiras de verificar.

  3. Muitíssimo obrigado, Mestre Slicer! De fato, nunca havia atentado para o fato de que os elfos não selavam seus cavalos e agradeço pela pesquisa! Simplesmente não imagino nenhum outro lugar onde eu pudesse ter acesso a essas informações trazidas de maneira tão clara e simpática! Sinto-me feliz em ter meu nome e sobrenome traduzidos para o quenya de maneira tão competente.

    Hantalë, nildo!

  4. Muitíssimo obrigado, Mestre Slicer! De fato, nunca havia atentado para o fato de que os elfos não selavam seus cavalos e agradeço pela pesquisa! Simplesmente não imagino nenhum outro lugar onde eu pudesse ter acesso a essas informações trazidas de maneira tão clara e simpática! Sinto-me feliz em ter meu nome e sobrenome traduzidos para o quenya de maneira tão competente.

    Hantalë, nildo!

  5. Radagasth, eu não irei mais fazer traduções de sobrenomes. Como você pode ver acima, não é um serviço rápido, e é um tanto trabalhoso. Além do mais, esta não é minha área de atuação, então significados de sobrenomes vindo de mim provavelmente serão “achismos” na maior parte dos casos.

    O que posso lhe dizer é que “Costa” provavelmente é Falas em Quenya e Sindarin.

  6. Radagasth, eu não irei mais fazer traduções de sobrenomes. Como você pode ver acima, não é um serviço rápido, e é um tanto trabalhoso. Além do mais, esta não é minha área de atuação, então significados de sobrenomes vindo de mim provavelmente serão “achismos” na maior parte dos casos.

    O que posso lhe dizer é que “Costa” provavelmente é Falas em Quenya e Sindarin.

Deixe uma resposta